O que tem no Centro Histórico de Paraty

Centro Histórico de ParatyMuita gente já ouviu falar de Paraty mas ainda não teve a oportunidade de conhecer. A imagem mais tradicional é a da Igreja de Santa Rita, no centro histórico, com o seu casario colonial. Com base nestas imagens iniciais o turista tem a falsa impressão de que Paraty é apenas mais uma cidade histórica que se conhece em apenas um dia de visita. Paraty é muito mais do que isto. Neste post vamos falar mais do Centro Histórico de Paraty e do que tem lá para ser visto.

A cidade de Paraty ficou durante muito tempo esquecida e quase totalmente sem acesso. Somente na década de 1970 é que chegou à cidade a Rodovia Rio-Santos (BR-101), tornando mais fácil para os turistas chegarem até a cidade. A partir daí Paraty tornou-se conhecida como um interessante destino turístico. Mas nesta época a cidade ainda era pouco mais do que o que hoje é conhecido como o Centro Histórico de Paraty. O tombamento pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) determinou um perímetro que deve ser preservado.


Centro Histórico de ParatyEste pequeno grupamento de ruas pode ser percorrido tranquilamente a pé, pois trata-se de “quase” quadrilátero, formado por cerca de 6 ruas verticais e outras 6 ruas transversais, com traçados ligeiramente sinuosos e algumas pequenas travessas. Mas andar por estas ruas não é tão fácil pois o calçamento é todo de pedras meio arredondadas, conhecido como calçamento pé-de-moleque. Infelizmente, não é nada adequado para cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção. O centro histórico é fechado para a circulação de carros, eles só podem circular pelas ruas do entorno. Isto faz com que as ruas do interior do Centro Histórico sejam muito tranquilas, onde crianças podem circular livremente e as pessoas podem passear sem pressa apreciando a arquitetura colonial.


Centro Histórico de ParatyA arquitetura típica dos séculos XVII e XVIII é particularmente preservada e harmoniosa. No centro há 4 igrejas: A Igreja da Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, a Igreja do Rosário e de São Benedito, a Igreja de Santa Rita e a Igreja da Dores, também conhecida como Capelinha. Nenhuma delas possui a riqueza das Igrejas de Minas Gerais. O ouro que passava por Paraty não ficava em Paraty. Andando pelas ruas do centro as pessoas se perguntam: Será que estas casas ainda são usadas como moradia? A resposta é: Sim. Muitas delas ainda são moradias, e muitas ainda pertencem a famílias tradicionais que viviam neste local muito antes de Paraty se tornar uma cidade turística. Mas muitas outras são hoje utilizadas como pontos comerciais, como lojas, restaurantes, pousadas ou ateliers de arte.


Centro Histórico de ParatyUm fenômeno curioso acontece periodicamente, principalmente nos períodos de lua cheia e lua nova. É a entrada da maré nas ruas do centro. A cidade foi construída pouco acima do nível do mar. Isto faz com que as águas entrem pelas ruas nos horários da maré cheia. As casas já foram construídas preparadas para este fenômeno. Assim, nas ruas vemos que a base das portas ficam localizadas bem acima do nível das ruas, de forma a evitar que as águas entrem quando subirem. Mas mesmo assim, em algumas épocas do ano podem acontecer super-marés que podem até mesmo entrar em algumas casas do centro. Nos dias de maré alta algumas ruas do centro ficam cheias de água, tornando a circulação um pouco mais difícil, mas criando um visual muito peculiar e atraente. É um ótimo período para tirar lindas fotos.


Centro Histórico de ParatyParaty atualmente tem turistas o ano inteiro, e é muito procurada também por turistas do exterior, principalmente franceses e alemães. Estes turistas normalmente saem para passear durante o dia, indo principalmente para as praias, cachoeiras e alambiques, e depois à noite se dirigem ao centro histórico, onde todos se encontram. O comércio do centro fica aberto até tarde, durante a semana e durante o final de semana. Os restaurantes também funcionam até tarde, muitos deles com música ao vivo e com mesinhas nas ruas. Muitos artistas plásticos adotaram Paraty, buscando a calma e a inspiração deste lugar encantador. Você pode encontrar muitos ateliers de pintura, escultura, cerâmica, e também muitas lojinhas de artesanato. As ruas ficam também cheias de artistas de rua, índios vendendo seu artesanato, e muita gente passeando lentamente, pois as ruas de pedra não possibilitam andar com pressa. A iluminação das ruas traz um clima de antigamente.


Centro Histórico de ParatyNa Igreja de Santa Rita funciona o Museu de Arte Sacra (que fecha mais cedo), com peças religiosas do tempo do Barroco. Há também a Casa da Cultura, que sempre possui exposições interessantes principalmente voltada à cultura da região. E o SESC tem também uma sede ao lado da Santa Rita, com muitas exposições e atividades artísticas. Não podemos nos esquecer do tradicional e reconhecido internacionalmente teatro de bonecos, que faz apresentações às quartas e sábados.

A culinária é outro atrativo especial da cidade. Em Paraty a tradição caiçara se encontra com a cultura indígena (Paraty tem duas aldeias indígenas em seu município), à cultura negra (Proveniente do Quilombo do Campinho) e à culinária internacional trazida pelos turistas internacionais que visitam a cidade. Muitos chefs internacionais adotaram também Paraty integrando suas receitas aos típicos da região à base de peixes, mandioca, banana e produtos da terra.

O Centro Histórico de Paraty reúne todas estas manifestações culturais e as mantém vivas durante todos os dias do ano.

A melhor maneira de conhecer os detalhes da história, da arquitetura e da cultura do Centro Histórico de Paraty é fazendo um City Tour com um guia credenciado, oferecido pela Agência Estrela Tours.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Contato

Atendimento ao cliente por telefone.
Todos os dias de 08h às 22h

(24) 3371-4044 / (24) 3372-1400
contato@estrelatours.com.br

Av. Roberto Silveira, N/31 - CENTRO
Paraty, Rio de Janeiro, 23970-000, Brasil

Siga-nos

Copyright © 2018 Estrela Tours - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio